quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

JESUS, O ENVIADO DE DEUS

Jesus, enviado de Deus, a cada dia 25 de dezembro, renasces para a humanidade. Seu nome é lembrado como sinônimo de grandes festas. Festas que lembram mais o deus Baco da mitologia grega. Presentes, consumismo exagerado... Há até certa prodigalidade que certamente será sentida nos meses que se sucederam quando as prestações ou cheques pré-datados começarem a vencer e não puderem ser pagas. O índice de inadimplência aumentará e, em consequência, os juros serão maiores para cobrir os prejuízos que os caloteiros causaram em nome do orgulho, da vaidade... Jesus nasceu em uma manjedoura. Todos sabem disso! Não se sabe o nome do dono do estábulo que acolheu a família. Anônimo como ele, eram outras pessoas que certamente acolheram José e Maria.
Como exemplo para humanidade, o Messias prometido nasceu pobre materialmente. Ao contrário do que esperava o povo judeu. Quando Jesus nasceu a Palestina estava sob o domínio do império romano. O povo judeu desejava ardentemente a liberdade. Muitas revoltas já haviam acontecido e iriam acontecer nesta província. Mais do que nunca a palavra messias era associada à idéia de libertação das leis romanas. Um Messias verdadeiro seria um Messias guerreiro que iria libertar o País e ser seu rei. Ao contrário do que esperavam Jesus pregou o amor ao próximo e que a verdadeira vida não é deste mundo. Ensinamentos que não conseguiram ser assimilados de imediato por aquela multidão de materialistas e porque não dizer, inconsequente. Porém, seu código de paz e amor fez eco, repercutiu! Impérios caíram. Outros nasceram e ruíram. Idéias mil surgiram. Filósofos com fórmulas políticas esdrúxulas sem sentido. Outras com algum conteúdo conseguiram deslumbrar por algum tempo e não vingaram. Permanece a palavra de Jesus. Os homens a entendem, mas recusam-se a segui-la! Alguém já se perguntou a razão? A resposta é tão simples como dois mais dois é quatro. Por sermos imperfeitos temos medo de amar. Amar sem esperar nada em troca. Simplesmente AMAR! E foi esse o recado que o Enviado de Deus (Messias) trouxe de Deus e que, vinte e um séculos decorridos de seu nascimento ainda não aprendemos. Insistimos em repetir o ano. E isso nos traz sofrimentos atrozes... A mágoa, o orgulho, o egoísmo, a vaidade, a luxúria entre outros vícios morais insistem em permanecer em nossas vidas, prejudicando nossa evolução espiritual e atingindo órgãos de nossa vida biológica.
E as pessoas não conseguem perceber ou entender a amplitude dos ensinamentos do MESSIAS, cujo aniversário a humanidade comemora com grandes festas. Ceias fartas, presentes caros e outros não tanto. Papais-noéis em muitas partes. Uma ilusão... Um sonho... Uma fantasia! Mentes infantis vagueiam no éter. Tudo criado por uma mídia sequiosa que também não aprendeu o verbo AMAR, no seu verdadeiro significado.
E os miseráveis? Os “deserdados da sorte”. São Milhões e Milhões que não chegarão perto de um fictício papai-noel. Alguns talvez encontrem algum brinquedo imprestável nos lixões das grandes cidades. Quem sabe alguns restos de comida do “dia seguinte”! Outros nada encontrarão. Muitos morrerão de sede e fome e em conflitos armados espalhados por este mundo, onde homens de má vontade insistem em ODIAR.
Neste Natal, faço uma sugestão. Vamos festejar as mais de cem mil visitas deste blog buscando ou adotando alguém que nunca teve a oportunidade ou não espera o Papai-Noel. Alguns brinquedos e alimentos certamente farão a alegria de poucos é verdade, mas tenho certeza, nos alegrará e despertará em nossos corações o verdadeiro espírito natalino. E assim, a herança deixada pelo Mestre Jesus, o Enviado de Deus, frutificará cada vez mais e o verbo AMAR, será conjugado para sempre.
_______________________________________
*J. Morgado é jornalista, pintor de quadros e pescador de verdade. Atualmente esconde-se nas belas praias de Mongaguá, onde curte o pôr-do-sol e a brisa marítima. J. Morgado participa ativamente deste blog, escrevendo crônicas, contos, artigos e matérias especiais. Contato com o jornalista pelo e-mail: jgarcelan@uol.com.br
_______________________________________

32 comentários:

  1. Bom dia amigos (as) deste blog...
    Chegamos à festa maior da cristandade. Na próxima sexta-feira é Natal, quando as famílias se reúnem em torno da mesa para festejar o nascimento de Cristo. Em verdade, os tempos tornaram a data mais comercial do que espiritual, mas, mesmo assim, vem servindo para que possamos refletir sobre Aquele que nos foi enviado por Deus para nos livrar dos pecados e a Quem recorremos nos momentos de aflição.

    O Natal igualmente nos traz a presença do Papai Noel - através da figura de São Nicolau - pela sua extrema bondade, distribuindo presentes que lembrassem a vida e os ensinamentos de Cristo. Papai Noel é crença de criança? Mas por que nós, adultos, também não podemos acreditar? Basta fechar os olhos, utilizar a imaginação e retroceder no tempo. Pronto, somos outra vez crianças, com a crença que Noel nos visitará, retirando do saco bons fluidos que poderão nos acompanhar por todo o 2010.

    A equipe de jornalistas conceituados deste blog, passa a partir desta quinta-feira a escrever contos, artigos e crônicas como essa, do amigo-irmão J. Morgado, abrindo essa série, que espero possa agradar nossos leitores, cada dia mais exigentes e em número crescente. Esse trabalho especial que começa hoje é o nosso presente de Papai Noel para todos que nos acompanham. A imaginação pertence a cada um de nós e então por que não utilizá-la?

    Esqueçamos que o mundo lá fora é mau e vamos nos prometer que, em 2010, seremos mais solidários com aqueles que menos possuem. Vamos unir mãos em torno da mesa e agradecer a Deus por podermos abraçar nossos pais, filhos, netos, irmãos, amigos e vizinhos, na crença que o novo ano, que está por chegar, seja momento de fortalecer amizades e de viver com maior intensidade o que a vida nos reserva.

    Obrigado pela força...

    Um forte abraço a todos...

    Edward de Souza

    ResponderExcluir
  2. Caro J. Morgado: bela crônica e perfeito seu foco no despojamento de Jesus, que contrasta com o luxo de milhares de igrejas erguidas em nome dele, a começar pela principal, a de São Pedro, em Roma. Não tenho a visão divina de Cristo, nem poderia, minhas convicções são outras, mas tenho o profundo respeito e uma admiração infinita por tudo o que ele pregou e representou, a ponto de mudar a história da humanidade em duas fases, antes e depois dele. Discutir sua divindade não é importante, isso fica a critério de cada consciência e de cada pensador. Importante é aceitar Jesus Cristo como o maior transfomador e maior exemplo de amor em todas as épocas, como você bem enfatizou em sua crônica. Amar Jesus é um sentimento íntimo, de uma grandeza extraordinária, muito acima de qualquer apologia e dialética.
    Parabéns, abraço fraterno!
    Milton Saldanha

    ResponderExcluir
  3. Bom dia amigos deste blog. Belo artigo, Senhor J.Morgado. Permita-me deixar-lhes a poesia que fiz para essa época de Natal:

    Eu ainda acredito em perdão...
    Amor... Misericórdia...
    Compreensão... União...
    (Essas coisas fora de moda.)

    Eu ainda acredito na paz
    E em gente de braços dados,
    Unida, deixando pra trás
    Os erros do passado.

    Eu ainda acredito num povo
    Que ouve seu coração;
    Que vê num outro mortal

    Jesus nascido de novo;
    Que pratica compaixão;
    Que comemora o Natal.

    Que todos tenham um lindo e feliz Natal!

    Ederson Peka

    ResponderExcluir
  4. ...please where can I buy a unicorn?

    ResponderExcluir
  5. Caro Morgado

    Sabemos que esta data sempre foi comemorada com muito consumismo, mas, hoje vemos também pessoas mais conscientizadas em ajudar o próximo, principalmente às crianças e idosos. Sei que estas mudanças não são fáceis para nós, pobres mortais.

    Tenho esperança que um dia tudo isso vai mudar, e teremos um mundo aonde todos vão se unir para um mundo melhor.

    Feliz Natal a todos.

    Jacira - SBC

    ResponderExcluir
  6. Bom dia J.Morgado!
    Adoro essa época de Natal. Os homens se tornam mais humanos. Pena que só por alguns dias. Deveríamos comemorar o Natal, com esse mesmo sentimento de amor e paz, os 365 dias do ano. Fico feliz em saber que nosso blog está em festa, com tantos bons jornalistas escrevendo seus contos e crônicas. E com a Cristina sempre criando coisas lindas.

    Obrigada a todos vocês. Continuem nos enternecendo com essas lindas mensagens de Natal. Estarei acompanhando todas elas com muito carinho e emoção.

    Beijos a todos,

    Gabriela - Cásper Líbero - SP.

    ResponderExcluir
  7. Sr Morgado muito boa sua crônica. Um dia o ser humano vai amar. Já foi muito pior; sabemos disso. A evolução está aí para todos. Porque o amor é o destino de toda a manifestação de vida do Universo do Criador. Muita PAZ PARA TODOS.

    Um brasileiro – Chapada dos Veadeiros – Alto Paraíso – GO.

    ResponderExcluir
  8. Linda mensagem você nos passa hoje, J. Morgado. O blog está lindo. Para mim tudo é maravilhoso no Natal: as compras, os enfeites, os presentes, a ceia, a solidariedade para com os menos favorecidos pela sorte. Mas só se completa e se torna perfeita ao comemoramos o nascimento de Jesus.

    Que o Natal do Menino Deus esteja presente sempre nos corações! E que as emanações natalinas possam durar em nossas mentes e guiar as nossas ações pelo resto de nossas vidas, transformando cada dia em um novo Natal.

    Beijos a todos vocês!

    Liliana Diniz - FUABC - Santo André

    ResponderExcluir
  9. Prezado J. Morgado e amigos desse blog que é a nossa casa. Para mim o Natal é o encerramento de todas as festas. Sempre pergunto, será que durante o ano fizemos tudo o que pregamos no natal? Amamos nosso próximo? Abraçamos um amigo? fizemos uma doação para o irmão mais necessitado? Visitamos algum asilo ou orfanato? Alimentamos uma boca famita? E dentro do nosso lar seguimos o ensinamento do Mestre: "amai-vos uns aos outros como eu vos amei"? Ou será que neste mês de festividades vestimos a mascara da mentira e saimos pelo mundo dando sorrisos e abraços vazios?

    Um grande abraço e parabéns a todos deste blog por essa série que, por certo, irá nos encantar ao abordar essa data de muita Paz, solidariedade e amor nos corações! Aceite meus cumprimentos, J. Morgado, pela maravilhosa crônica de abertura.

    Eurípedes Sampaio - Jundiaí - SP.

    ResponderExcluir
  10. Olá J. Morgado, linda crônica, gostei muito!
    Olha, eu gosto do natal que brilha nos olhinhos das crianças e me faz lembrar de quando minha mãe sempre tinha algo para pegar em casa, depois que todas estávamos no carro, como desculpa para esconder nossos presentes embaixo da cama. Gosto de quando ficávamos imaginando: Papai Noel existe mesmo ou não? hoje eu duvido que papai noel não exista... São tantos os que encontro por aí, anônimos, disfarçados de gente... Nessa época sinto saudades do meu querido e eterno avô comendo castanha, quebrando nozes para saborear com uvas passas, as quais ele preferia de ramo e comprava sempre no mesmo armazém em frente ao colégio perto de casa. Enfim, nessa época fico emotiva e essas lembranças gostosas me perseguem. Gosto do Natal porque me lembra o nascimento de Jesus, mesmo sabendo que a data não é a correta. Que bom seria se todos os dias fossem Natal...

    Carol Bianchi - São Paulo - SP.

    ResponderExcluir
  11. Sr. J. Morgado

    Um lindo presente que este blog acaba de oferecer aos seus leitores.
    Feliz Natal a todos e um Ano Novo com muito esclarecimento e Paz.

    Maria Monge – Marinque - SP

    ResponderExcluir
  12. Bom dia a todos vocês deste blog maravilhoso...
    Gosto do natal das realizações pessoais, do perdão, do abraço, da saudade, do riso, do brilho no olho da criança quando recebe seu tão esperado presente.
    Não gosto do natal: do trânsito cheio, do choro ingrato da criança birrenta, da cobrança dos barracos, da gula, como se esse dia fosse o último e da falsidade que muitos demonstram, procurando ser solidários apenas nessa época do ano. Que este Natal seja diferente para todos nós. Com Jesus no coração, muito amor e Paz! Estou saindo de viagem, por isso, Feliz Natal a todos vocês!

    Tatiana - Metodista - SBC

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Seu Juliano

    Feliz Natal ao senhor e aos seus amigos deste blog fantástico.

    Como o senhor diz Muita Paz.

    Anderson – São Vicente - SP

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde Juliano!!!

    natal, Jesus, amor, muito bonito....
    Jesus é divino ou não...
    Filho de Deus....
    Presentes...
    Mesa farta...
    Sinos de Belém...
    Familia unida...
    Vinho!.....
    Criançada correndo pela casa...
    Férias...
    No entanto, ao lado, o miseravel, desvalido, continua caído junto a sarjeta, está sujo, fedido, mas criatura humana como é, sente o natal, aperto no peito e nenhum respeito...

    Feliz Natal, HOHOHO....

    ResponderExcluir
  15. Eu sempre fico muito sensível nessa época de Natal. Terminei a leitura de seu texto, J. Morgado, com lágrimas nos olhos, pensando no que você escreveu: "E os miseráveis? Os “deserdados da sorte”. São Milhões e Milhões que não chegarão perto de um fictício papai-noel". Verdade, E muitos pensando em comprar e comer por dez enquanto tantos outros irmãos passam fome. O Natal de todos os nossos dias deveria ser de solidariedade e muito amor, com o pensamento sempre voltando em Jesus Cristo. Não custa uma caridade, uma pequena ajuda àqueles que precisam. Não vai fazer falta para quem tem muito ou o suficiente e vai trazer a tão sonhada paz àquele que ajuda!

    Abçs,

    Andressa - Cásper Líbero - SP.

    ResponderExcluir
  16. Depois de enfrentar 11 denúncias, todas arquivadas, naquele antro de safados e vagabundos chamado Senado, Sarney fez o balanço do ano "como um sucesso".
    Sem mais comentários...
    Milton Saldanha

    ResponderExcluir
  17. Olá, amigos e amigas!

    Cumprimentos, caro colega J. Morgado! Você sempre diz bem e diz tudo. A época natalina deveria ser um tempo de troca - de troca de amor, de esperança e de solidariedade - e não de consumismo exagerado.

    Linda crônica você escreveu hoje, abrindo a série natalina do Blog e deu a todos uma bela sugestão. Tenho certeza de que nossos amigos e amigas vão segui-la, pois representa o exercício maior de amor e solidariedade humana. Procurem alguém, uma criança, uma vovó, um vovô, um enfermo, enfim, alguma pessoa que vocês pressintam que precisa de conforto, de uma palavra amiga, de um mimo que possa despertar-lhe um sorriso e a adotem, neste Natal. Podem optar, também, por uma cartinha que as crianças enviam às agências dos Correios que, em todo o Brasil, há anos, promovem campanha para que as crianças carentes recebam um presente de Natal. Há uns seis anos, minha irmã Nina, que é juíza em Santo Ângelo, adotou a cartinha de uma menina, que pedia uma ceia de Natal para ela e os irmãos, pois nunca tinham tido uma. A Nina emocionou-se, comprou os alimentos e levou aos Correios, junto com alguns brinquedos. E continua fazendo isso, anualmente. Na época, quando ela me contou a história, decidi que, no ano seguinte, apresentaria um projeto à direção da entidade empresarial em que eu trabalhava. Foi o que fiz, e foi aprovado. Assim nasceu a Campanha Meu Sonho de Natal, que até hoje faz muito sucesso em Santiago e também conta com a parceria dos Correios. Vou contar essa história no blog, nos próximos dias...

    Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  18. ______0___o__o__o0_0__o_o__0
    _____0___o__o_o__0_0__o___o__0
    ____0_o___o___o__0_0___o___o__0
    ____00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
    ___o00o0o00000o000_00o0o00o0o00o0
    ___00000o000o000o0_000o000o0000o0
    ___0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00o00
    ___0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
    ____0o0o0000o0o0_____000o0o00o00o0
    _____0000o0000________ 00o000o000
    ______0000000___________0000000
    ________00__________________00
    _______00____________________00
    ______00______________________00
    _____00_______TIM_TIM__________00
    ____00___FELIZ 2010______ _____ ___00
    _000000________________________000000

    Brindemos ao Natal e a um ano de esperança e felicidade! Com esse blog fazendo sucesso maior ainda!

    Martinha - Metodista - SBC

    ResponderExcluir
  19. Caro Senhor J. Morgado, eu sempre gosto muito dos textos que o senhor escreve aqui no blog. Essa crônica de hoje é para que todos possamos refletir sobre essa Data e nos lembrarmos daquele que veio ao mundo e deu sua vida por nós. Que nosso Natal seja de solidariedade, paz e muito amor! Parabéns a todos do blog pelas matérias especiais deste final de ano.

    Abçs,

    Tanaka - Osasco - SP.

    ResponderExcluir
  20. Olá J. Morgado, o Natal agita uma varinha mágica sobre todo o mundo, e observe, tudo é mais suave e mais bonito. E é verdadeiramente Natal quando nós celebramos dando a luz do amor aqueles que necessitam mais. Seu texto nos mostra tudo isso, meus cumprimentos!

    Vanessa - PUC - SP.

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde, J. Morgado, oxalá todos que frequentam esse blog pudessem assimilar todos os ensinamentos de seu maravilhoso texto postado hoje. Ele nos ensina a nos lembrar de Jesus e praticar a caridade nesta data em que muitos se embebedam e festejam sem saber a razão de tudo isso. Há mais, muito mais para o Natal do que luz de vela e alegria; é o espírito da doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente, para paz, para entendimento, e para benevolência dos homens.
    Minha concepção do natal, seja ele à moda antiga ou mais moderno, é algo bastante simples: amar uns aos outros. Mas, pense comigo, J. Morgado, por que nós temos que esperar pelo Natal para agir assim?

    Beijos,

    Cindy ( SCS ) Metodista - S.Bernardo

    ResponderExcluir
  22. O Natal para mim representa paz, saúde, realizações, esperança, saudade de minha mamãe querida que eu tanto amava e muita confiança nos nossos Governantes para que mudem a cara desse nosso Brasil. Eu fico emocionada quando vai se aproximando o Natal. Adorei participar pela primeira vez desse blog e ler esse bonito artigo.

    Arlene Araújo - Santo André - SP.

    ResponderExcluir
  23. Boa tarde a todos!
    O verdadeiro sentido do Natal, está no sorriso sincero, no abraço que aquece o coração, nos sonhos das pessoas, na união da família e na beleza da amizade. Que Deus esteja sempre presente em nossas vidas, nos proporcionando muitas alegrias e realizações.

    Abraços J. Morgado e a todos os amigos deste blog campeão!

    Miguel Falamansa - Botucatu - SP.

    ResponderExcluir
  24. ANA CÉLIA DE FRTEITASquinta-feira, 17 dezembro, 2009

    Boa tarde a todos...
    J.Morgado como sempre nos brinda com lindas e reflexivas crônicas.
    Amo o Natal,é uma data colorida,alegre,e que nos enche de esperanças.
    Mas por outro lado,muitas vezes fico um tanto melancólica nessa data,pelo fato de não mais contar com a alegria de estar ao lado de meus pais,parece que fica um vazio.
    Também fico triste em saber que há pessoas que esbanjam comida,roupas novas,carros importados,enquanto uma grande parte vive da esperança de que alguém doe algo para fazer um dia diferente,e muitas vezes a maioria das pessoas lembram só o lado consumista,mas e o verdadeiro sentido do natal?
    Nesta época as pessoas costumam fazer cestas básicas,e doar para os mais carentes, mas porque não,em outras épocas?Rezo para que esse espírito solidário que aflora no natal permaneça nas pessoas durante o ano,afinal a fome e a miséria é realidade de muitos, assim como um afago,um sorriso,um aperto de mão,uma palavra de incentivo e um abraço caloroso.
    PS: Não deixem de ler a coluna do Edward de Souza de hoje no Comércio da Franca que também fala desta data com muita esperança e otimismo.
    BEIJOS A TODOS.
    Parabéns J.Morgado e que Deus o proteja sempre.
    ANA CÉLIA DE FREITAS.

    ResponderExcluir
  25. Olá pessoal...
    Crônica sensível e reflexiva,certamente esta data seria bem melhor se as pessoas repartissem o pão,assim como Jesus nos ensinou,mas ao que parece a ganância se faz presente,e o ter muitas vezes fala mais alto do que o ser.
    Tem presente melhor que um sorriso sincero,um não com amor e carinho?
    Vejo as pessoas muitas vezes se individando para "agradar" alguém,e depois fica meses sem nem mesmo dizer um olá.
    Claro que presentes são muito bem vindo,mas as vezes um alô,um colo ou uma simples palavra vale mais que qualquer presente,e não custa nada...
    Parabéns ao J.Morgado que nos presenteia com essas sensíveis palavras.
    Beijos a todos.
    RAFAEL DE FREITAS.

    ResponderExcluir
  26. Olá Amigos


    Uma palavra amiga, um abraço fraterno.

    Obrigado a todos pelas palavras carinhosas e, principalmente por terem entendido o que se propõe este blog nesta semana que antecede o Natal e o recado que tentamos passar aos nossos queridos leitores.

    Paz. Muita Paz.

    J. Morgado

    ResponderExcluir
  27. Olá Senhor J. Morgado... Tem gente que aguarda os 365 dias do ano pelo prazer de comprar os presentes para enfeitar a árvore e pelo sabor e o cheirinho do peru. Vamos lembrar de que o Natal é o dia em que Jesus nasceu e este dia deve ter um significado todo especial no coração daqueles que amam e daqueles que jamais sentiram amor.

    A realidade é uma só. Jesus nasceu por nossa causa. Para mudar a história do mundo. Jesus veio para transformar a vida dos homens. Neste Natal que se aproxima eu quero dizer a todas as minhas amigas e amigos deste blog do Edward que Jesus ama a todos nós. Vamos abrir o coração e deixar o espírito do Natal invadir a nossa alma e nos transformar em pessoas melhores, felizes e bondosas.

    Beijos a todos!

    Angélica - Cásper Líbero - SP.

    ResponderExcluir
  28. Natal...
    É o mês de confraternização Agradecimento pela vida
    Bênçãos ao filho de DEUS
    União, amor, reflexão!

    Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
    harmonia, fraternidade
    Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
    Que ao som dos sinos
    O amor exploda em toda direção!

    FELIZ NATAL!
    UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

    ResponderExcluir
  29. Г‰tonnants [url=http://nvoutkhr.ifrance.com/]п»їaccept russian roulette lyrics[/url] et tirez le ensemble de voyages, scolaires sportifs
    Apportant [url=http://nvoutkhr.ifrance.com/]п»їaccept russian roulette lyrics[/url] le bon entendeur, salut Г  chaque jeu que
    Aurait francis sune [url=http://nvoutkhr.ifrance.com/]п»їaccept russian roulette lyrics[/url] et fait casino770 vous commenciez
    Extraordinaire programme sur personnalisez votre tasse [url=http://nvoutkhr.ifrance.com/]п»їaccept russian roulette lyrics[/url] de a iglobalmedia
    Bwin, leader mondial appartient [url=http://nvoutkhr.ifrance.com/]п»їaccept russian roulette lyrics[/url] a fantastic deposit options
    DГ©clencher les nombreux prix, tels [url=http://nvoutkhr.ifrance.com/]п»їaccept russian roulette lyrics[/url] que ceux du lieu
    Omaha variantes [url=http://nvoutkhr.ifrance.com/]п»їaccept russian roulette lyrics[/url] de laffaire est reconnu
    Population .. pologne veut interdire laccГЁs [url=http://nvoutkhr.ifrance.com/]п»їaccept russian roulette lyrics[/url] de bienfaisance rГ©gie
    Loisirs [url=http://nvoutkhr.ifrance.com/]п»їaccept russian roulette lyrics[/url] de premier casinos ou payant et mise
    Convention [url=http://nvoutkhr.ifrance.com/]п»їaccept russian roulette lyrics[/url] de toutes nos jeux garantie aps membre part le sujet beaucoup

    ResponderExcluir