terça-feira, 29 de dezembro de 2009

REFLEXOS E REFLEXÕES

Chega o fim do ano. Natal. E logo, o começo de um novo ano na vida de todos nós. Entre o fim de um e o início de outro, uma pausa saudável para reflexão.
.
Uma parada estratégica, simbólica, enfim, um exercício de logística existencial, para um acerto com os ponteiros da vida.
.
.Valeu a pena todo o esforço?
.
Você não trabalhou muito mais do que deveria?
.
Não dedicou demasiado tempo (precioso tempo!) a causas externas, que em nada têm a ver com o seu bem-estar interior?
.
Como anda a sua auto-estima?
.
Como? Você não consegue parar, nem para refletir, mesmo que por um instante?
.
Ei! Sente! Encontre uma posição confortável para meditar.
.
Relaxe por alguns minutos. Tente visualizar o seu reflexo, com os olhos fechados. Tente observar o seu equilíbrio em movimento. Controle a sua respiração. Busque sintonizar-se harmonicamente com o espaço circundante, mesmo que haja barulho e ruído. Instale o silêncio, aquele que vem de dentro. Cubra de luz o seu reflexo e viaje.
.
Viaje. Uma jornada para o interior da alma. Para aquele lugar tão profundo e submerso que você teima em manter com a porta fechada.
.
E daí, medite... Refaça a sua trajetória até agora. Enxergue o que foi bom. Armazene. Descubra o que foi ruim. Descarte ou recupere, se houver como. Tente compreender o que ainda não faz sentido. Se não puder, esqueça, ou procure ajuda para entender o que parece insólito e sem finalidade. Sempre há um propósito... Seja generoso, até com aqueles que te fizeram sofrer, porque eles foram o exercício drástico e definitivo para que pudesses transformar a tua dor em pérolas. O sofrimento nos recompõe como seres humanos e nos faz crescer.
.
Continue, num lento e leve caminhar, sem que se possa sentir os teus passos para dentro de ti mesmo. E aí, aí mesmo, embaixo dessa árvore verde, silenciosa fresca, e luzidia, como num suave amanhecer, deite na relva e descanse.
.
Crie, no repouso, o que você quer que aconteça no ano que vem chegando. Planeje, cuidadosamente, os passos e ouça a voz do coração, aquela que nunca está errada.
.
Inicie a transformação, despindo a casca que você criou, ao longo de todos esses anos acumulando ressentimento, mágoa, solidão, desamor, insegurança, isolamento, preconceito, descrença. Deixe-se envolver por uma nova pele, resplandecente, diáfana, cristalina, palpitante...
.
Levante, num lento e leve caminhar e retorne para a vida. Vista o seu reflexo, ainda pleno de reflexões e acredite. Desate os nós, estenda as mãos, abra os braços. Conquiste. Compartilhe. Divida. Ampare. Ouse. Ame. Lute. Viva!
.
Espero que você tenha passado um bom Natal e desejo um Ano Novo cheio de oportunidades. Entre um e outro, dê um tempo para a sua alma respirar...
.
Lembre que, todos os dias, a flor da VIDA renasce, mesmo no meio de tanta adversidade. Cuide-a, com amor, para que o seu perfume inebrie a todos e, quando as pétalas se desprenderem e voarem com o vento, tenha a certeza de que a doce fragrância espalhada não terá fim...
___________________________________________
Nivia Andres, jornalista, graduada em Comunicação Social e Letras pela UFSM, especialista em Educação Política. Atuou, por muitos anos, na gestão de empresa familiar, na área de comércio. De 1993 a 1996 foi chefe de gabinete do Prefeito de Santiago, RS. Especificamente, na área de comunicação, como Assessora de Comunicação na Prefeitura Municipal, na Associação Comercial, Industrial e de Serviços (ACIS), no Centro Empresarial de Santiago (CES) e na Felice Automóveis. Na área de jornalismo impresso atuou no jornal Folha Regional (2001-06) e, mais recentemente, na Folha de Santiago, até março de 2008. Blog:
http://niviaandres.blogspot.com/
___________________________________________

33 comentários:

  1. Olá amigos (as) deste blog.

    Inspiradíssima, Nivia Andres escreveu esse texto oportuno de hoje, nos convidando para uma pausa nestes últimos dias do ano para refletirmos se valeu ou não a pena o que fizemos. Li e reli essa pérola escrita pela Nivia e me lembrei que as comunidades antigas, ao invés de refletirem como foi o ano e o que poderiam fazer para não cometerem os mesmo erros no próximo, partiam para a superstição, jogando fora roupas e objetos que já não usavam, simbolizando assim a eliminação de tudo o que, em suas vidas, estivesse “envelhecido”. Até hoje se cultiva o hábito de “pular as sete ondas”, entrar no mar, em cachoeiras, enfim, lavar-se como um rito de purificação para despojar-se de tudo o que foi ruim no ano que passou, preparando-se para receber o Ano Novo.

    Como não sou chegado a superstições, só como arroz com lentilha na passagem do ano porque gosto, fico com a sugestão da Nivia. Final de ano é hora de fazer uma reflexão do que foi feito nesse que termina e escolher aquilo que deve ser levado para a nova caminhada. Definir ou redefinir novos projetos, novos sonhos. Aproveitar esse final de 2009 e fazer uma lista se for o caso, e escrever as realizações pessoais e familiares que desejamos alcançar, sem esquecermos-nos do amor, solidariedade, cooperação e amizade. E principalmente sem correria, para evitarmos o estress.

    Chico Xavier escreveu uma vez que “podemos ter um governo mais ou menos, morar numa rua mais ou menos, numa casa mais ou menos e dentro de uma cidade mais ou menos. Podemos também comer mais ou menos bem, dormir numa cama mais ou menos, e até acreditar mais ou menos no ano novo que vem chegando. Podemos, enfim, olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos.

    Mas o que não se pode, de jeito nenhum, nem nesse ano que está aí pertinho nem nos outros, é ter fé mais ou menos, acreditar mais ou menos, ser ético e honesto mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, e, o pior, não podemos, em nenhuma hipótese, sonhar mais ou menos ou amar mais ou menos. Se fizermos isso, vamos nos tornar uma pessoa mais ou menos, que é o pior que nos pode acontecer.

    Um forte abraço a todos...

    Edward de Souza

    ResponderExcluir
  2. Olá Nivia


    Bom dia

    Para não quebrar a magia desse maravilhoso texto, vou apenas inserir alguns pensamentos deixados por pessoas famosas.
    “Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e viver com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve. E a vida é muito para ser insignificante” (Charles Chaplin).

    “Ter problemas na vida é inevitável; ser derrotado por eles é opcional” (Roger Crawford).

    “Quando eu alguém suspirar: ‘a vida é dura’, eu sempre sou tentado a perguntar: ‘comparada a que?” (Sydney J. Harris).

    “Amas a vida? Não dissipes, neste caso, o tempo, pois é de tempo que a vida é feita” (Benjamin Franklin).

    Paz. Muita Paz.

    J. Morgado

    ResponderExcluir
  3. Valeu, Nivia!

    Nada melhor para encerrar o ano que vai e começar o que vem, lendo Reflexos e Reflexões, uma bela crônica que expressa a alma generosa, a sensibilidade que cativa e emociona, o talento que transborda, na forma de expressar seu saber, levando-nos a buscar no nosso íntimo os melhores sentimentos humanistas.

    Obrigado por nos brindar com esta magnífica mensagem neste espaço de magia e encantamento que o blog do Edward nos proporciona.

    A todos os membros, os meus votos de um feliz Ano Novo!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!

    Caros amigos e amigas, minha proposta de hoje, quando nos aproximamos dos portais de um novo ano, é de praticarmos um simples exercício de sensibilidade, refletindo um pouquinho acerca do que somos e do que queremos ser. Alguns minutinhos são suficientes, em qualquer lugar, a qualquer hora, para esta pequena jornada para dentro de nós mesmos.

    Se a aceitarem, quando voltarem, revitalizados, preparados para a nova jornada de 2010, desejo que acreditem - desatem os nós, estendam as mãos, abram os braços. Conquistem. Compartilhem. Dividam. Amparem. Ousem. Amem. Lutem. Vivam!

    Não sei se perceberam, mas estes verbos, flexionados no imperativo afirmativo, tem sido, basicamente, as ações que os membros do blog do Edward de Souza vêm praticado ao longo do ano de 2009, por isso nos tornamos uma comunidade de amigos tão especial! Por que? Ora, porque nos queremos bem a partir da descoberta de que temos muito em comum e de que acreditamos que é possível vivermos num mundo melhor, a partir de nossas ações!

    Quando já havia finalizado o meu texto, desejando um bom Ano Novo a todos, lembrei-me de um belo poema de Cecília Meirelles - o 4º Motivo da Rosa - e inseri mais um parágrafo, falando da flor da vida, que renasce todos os dias...Sabem que a rosa é um símbolo místico do conhecimento, da sabedoria e do amor, pois também significa eternidade e jamis será esquecida, seja flor ou apenas perfume, levado pelo vento...

    "Não te aflijas com a pétala que voa:
    também é ser, deixar de ser assim.
    Rosas verá, só de cinzas franzida,
    mortas, intactas pelo teu jardim.
    Eu deixo aroma até nos meus espinhos
    ao longe, o vento vai falando de mim.
    E por perder-me é que vão me lembrando,
    por desfolhar-me é que não tenho fim."

    Beijos a todos!

    ResponderExcluir
  5. Ôi Nivia, nessa agitação, deixando tudo para a última hora, poucos param para refletir sobre o que somos ou o que queremos ser. Importante também refletir sobre nossos atos praticados nesse ano que se finda. Se bons, que continuem, se ruins, que não sejam repetidos. Um texto profundo e maravilhoso, Nivia!

    Um Feliz Ano Novo para você e para todos deste blog. Que 2010 seja de muita Paz e Amor para todos nós. Sem a paz é como navegar sem bússola em noite escura... É desconhecer os caminhos que enaltecem a alma e dão sentido à vida. Sem amor... Bem, a vida sem amor é mera ilusão.

    Beijos!

    Liliana Diniz - Santo André - SP.

    ResponderExcluir
  6. ANA CÉLIA DE FREITAS.terça-feira, 29 dezembro, 2009

    Bom dia Nívia e amigos do blog.
    Menina,quanta sensibilidade e inspiração,e lendo o texto foi possível refletir sobre a correria desenfreada a qual a maioria de nós passamos o ano inteiro.Será que vale mesmo a pena essa correria,tendo em vista que muitas vezes nossas vontades e sentimentos
    ficam para depois,mas que nunca chega,e com isso passa o tempo, e a correria acaba tomando parte de nossa vida.
    Concordo plenamente com a Nívia,precisamos refletir,buscar algo que nos deixa feliz,e como bem disse meu amigo Edward fazer até mesmo uma lista de metas que pretendemos para o novo ano,entre elas incluirmos viver,fazer o que gostamos,e não corrermos tanto.
    Beijos a todos...
    ANA CÉLIA DE FREITAS.

    ResponderExcluir
  7. ANA CÉLIA DE FREITAS.terça-feira, 29 dezembro, 2009

    Bom dia crianças.
    O belíssimo texto da Nívia me fez lembrar desse poema de Carlos Drummond de Andrade.
    "Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,o que se deu o nome de ano,foi um indivíduo genial.
    Industrializou a esperança,fazendo-a funcionar no limite da exaustão.Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez,com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para diante vai ser diferente."
    Carlos Drummond de Andrade.

    PS:Pessoal não deixem de ler o inquietante texto do Jornalista Garcia Netto,publicado hoje no Jornal Comércio da Franca,com o título:Não basta... vale a pena conferir.
    Abraçosssssssssssssss e um ótimo 2010 a todos,com Muita Saúde e PAZ.
    ANA CÉLIA DE FREITAS.

    ResponderExcluir
  8. Olá amigos...
    Cara Nivea, como sempre, excelente artigo para reflexões e atitudes. Naturalmente desejamos aos amigos no geral um feliz ano novo, porém a gente esquece que quase tudo depende de nós mesmos para a felicidade que está inserida em nossos corações. Tudo de bom pra você, seus familiares e

    abraços
    Oswaldo Lavrado - SBCampo

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Nivia!
    Passamos os 365 dias do ano agitados, estudando, trabalhando, enfrentando imensas filas, praticando atos bons e ruins e nunca encontramos tempo, nem ao menos ao final de um ano que termina, para fazer um balanço de nossas vidas. E não precisa de muito tempo. Bastam alguns minutos para refletirmos o que valeu ou não a pena, pesarmos os prós e contras e assim entrarmos com a consciência tranquila e o pé direito no ano que se aproxima. Sempre faço minhas reflexões, isso depois de me ajoelhar e agradecer ao bom Deus por ter dado vida e saúde neste ano que se acaba a todos os meus entes queridos e de pedir a Ele, Paz, Compreensão e mais Solidariedade ao mundo!

    Um Feliz 2010 a todos vocês e obrigada, Nivia, por nos presentear com mais esse belo texto!

    Bruna - Juiz de Fora/MG

    ResponderExcluir
  10. Nivia, de arrepiar esse texto que vc escreveu. O mundo seria outro, caso todos nós resolvemos parar para refletir o que somos ou o que queremos ser. Refletir sobre nossos atos também é importante para que possamos passar uma borracha em nossos erros e evitar repeti-los nesse ano que está prestes a chegar. Pedir a proteção Divina para todos nós e para esse mundo violento e conturbado. Acima de tudo, manter acessa a chama da esperança de que dias melhores virão.

    Bjos, um Maravilhoso 2010 para você Nivia, e pra todas as minhas amigas e amigos deste blog querido!

    Gabriela (Cásper Líbero) - SP.

    ResponderExcluir
  11. A Nivia Andres chegou hoje inspirada, injetando em todos energias pra lá de positivas. Da minha parte, obrigado! Há muitos anos não tenho queixas da vida, pelo contrário, se torna cada vez melhor, e só lamento que me falte energia física (é o ônus da idade)para usufruir mais ainda, cada minuto. Qual o segredo? Fazer bem aos outros sempre que possível, ser íntegro de caráter, trabalhar sempre e ser produtivo, não deixar o cérebro atrofiar, ter uma vida sexual ativa e saudável, alimentar-se de forma civilizada e prazerosa, dançar muito (minha melhor receita revitalizante), fazer exercícios físicos todos os dias e se libertar desses sonhos idiotas de consumo, que só causam frustrações e dívidas inúteis. Agora acrescento: compartilhar das reflexões da Nivia Andres.
    Caramba, é tão simples, e dispensa qualquer livro de auto ajuda.
    Beijos a todos!
    Milton Saldanha

    ResponderExcluir
  12. Amigos do blog de ouro, bôa tarde.
    Nivia Andres, hoje em um exelênte
    apanhado de reflexões para todos.
    Nosso blog fica a cada dia mais gos
    toso de lêr, e como vc escreveu, mais interessante para refletir e meditar.
    Abraços Nivia.Abraços a todos articulistas e colégas comentaristas deste que é sem dúvidas o melhór blog na NET.

    Edward, parabéns pela idéia de publicar as "cronicas e contos" em nosso blog.

    A todos um ano novo cheio de alegria e realizações.

    (A praia está linda demais e com um "visual" MARAVILHOSO )

    Admir Morgado
    Praia grande SP

    ResponderExcluir
  13. Nivia, como eu gostaria que essa crônica sensível sua chegasse até Brasília e fosse lida no Plenário da Câmara e do Senado em voz alta. Se pelo menos um terço de nossos parlamentares refletissem um pouco sobre o que fizeram esse ano, certamente iriam se sentir envergonhados. Agora, julgar que iriam melhorar sua atuação, isso apenas um lindo sonho nosso.
    Vamos deixar de lado os políticos e cada um de nós procurar sua reflexão, pedindo a Deus que nos ajude e ampare nesse ano que está se aproximando!

    Um alô ao prezado Admir Morgado. Sua propaganda das praias não me contagia, creia! Praias poluídas e farofeiros aos montes nesta época, fora a exploração absurda dos comerciantes. Prefiro o conforto de minha casa ao lado dos meus entes queridos!

    Abraços, Nivia, um Feliz e Próspero Ano Novo pra você e todos do blog!

    Miguel Falamansa - Botucatu - SP.

    ResponderExcluir
  14. Alô gaucha querida.
    Bah, que alerta colocaste em pauta para acordar péssoas na desbragada dinâmica do mundo novo!
    Quero que tu saibas que adoro deitar-me na relva molhada para refrescar o espírio, que tenho escaninhos grandes para armazenar bondade, que nada tenho para jogar fora, pois, maldades que se aproximem, faço que passem ao largo sem prestar-lhes atenção. Não tenho espaço para guardá-las.
    Teu perfume gaucha, exalou da orquídia ilustrando teu blog por onde curioso passei a pouco, depois de sentir a fragrância da rosa vermelha usada pelo Edward com o fito de ilustrar tua obra hoje publicada.
    Teus conselhos, tuas flores, o verde de teus campos, carregam a beleza da china gaucha.
    Abraço do Garcia Netto
    Permitam os amigos registrar um agradecimento ao carinho da Célia Freitas, recomendando meu texto de hoje no Comercio da Franca:"Não basta..." Obrigado

    ResponderExcluir
  15. Olá Nivia, achei maravilhosa sua crônica postada hoje, ou eu deveria chamá-la de poesia em forma de crônica? Lindíssima. E nos leva a refletir... Farei isso nesse final de ano. Talvez tenha feito em pensamento, enquanto lia seu texto.

    Um Feliz Ano Novo Nivia, extensivo aos amigos do blog do Edward, esse cantinho maravilhoso onde só se faz amigos. Meu abraço a mais esse francano que veio se juntar a nós, agora com suas crônicas e com sua sabedoria, fruto de uma longa experiência de vida. Garcia Netto, li sua crônica na página 2 de hoje no primeiro caderno do Comércio da franca, com o título "Não Basta..." Parabéns. Quinta-feira leio a do Edward, outro fora de série, sem sombra de dúvida, a coluna mais lida de Franca.

    Beijos a todos!

    Ana Paula - Franca - SP.

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde Nivia!
    Depois do Natal costumo ocupar a semana que antecede a passagem d’ano em reflexão. Gosto de fazer um balanço do ano que termina e delinear novos projetos para o ano que inicia. Neste ano tenho muito a agradecer a Deus por tudo de bom que me proporcionou, pela família, pela saúde, pela felicidade, pelo amor, pela amizade, pelas oportunidades que tive para aprender a ser melhor. A conhecer-me melhor.

    E sei que estou a ser ambiciosa, pois desejo para 2010 as mesmas coisas; comprometendo-me a esforçar-me mais, a estar mais atenta, a viver mais o momento. Para o resto do mundo,para homens e nações, o bem maior, que cada ano escasseia mais: desejo Paz. Um beijo, Feliz Ano Novo!

    Fernanda - Portugal

    ResponderExcluir
  17. Olá Nivia, essa crônica que vc escreveu serviu direitinho pra mim, acredita? Agora mesmo cheguei cansada de tanto correr e me esconder da chuva. Tem dias que, cansada, tomo banho e nem um lanche tomo, caio na cama e vou dormir. Não me lembro de ter parado para refletir um pouco sobre minha vida, confesso-lhe. Na verdade, creio que nunca fiz isso. Depois de ler e reler seu texto, tomei isso de propósito e prometi instantes atrás, para mim mesma, que antes que esse ano termine vou fazer isso. Você me incentivou........

    Bjos, lindo texto, Nivia!

    Feliz Ano Novo pra todos!

    Samantha ( Metodista) - SBC

    ResponderExcluir
  18. Nivia, passei para lhe desejar um Feliz Ano Novo, com muita saúde, paz e amor no coração. E que antes do término de 2009, possamos refletir sobre o que passou para encararmos com valentia 2010 que já bate à nossa porta!

    Beijos,

    Lidiane ( Metodista ) SBC

    ResponderExcluir
  19. A franca manifestação da Samantha, motivada pelo maravilhoso texto da Nivia Andres, mostra o poder construtivo e modificador que pode ter um blog como este do Edward de Souza. É animador!
    Beijos!
    Milton Saldanha

    ResponderExcluir
  20. Um bréve retorno ao "nosso" blog e em especial ao meu amigo Falamansa.

    Meu amigo Miguel Falamansa..
    Bôa tarde,caro coléga comentárista de "nosso" blog

    Quando falo da MINHA praia, me refiro a um lugar que adotei como meu cantinho e do qual gosto muito.
    Sou Paulistano da gema e me orgulho de haver nascido e vivido até meus 52 anos na Capital do Estado.
    Agóra, quando digo que MINHA praia está linda, estou me referindo as bélas garotas que para cá vêm, desfilar toda sua beleza para mim, e acredite meu bom amigo Miguel entre todas, existem muitas que moram em BOTUCATU, mas por falta de opção nessa Cidade, correm para a MINHA praia, misturadas aos farofeiros (que ja não existem a tempos) e adoram tomar um sól e mergulhar na poluição do mar, provocado justamente pelos TURIXTAX que aqui aportam a procura de um bom divertimento.
    Nóte meu amigo, que quando chega a temporada BOTUCATU fica triste e com um "visual" funebre,pois as gatas lindas desse lugar, estão aqui no calçadão com suas fórmas perfeitas e todas quase nuas exibindo seus dotes escondidos em mini bikinis.
    Eu lá vou querer morar em uma cidade cuja diversão é "bater um papo" com os amigos na pracinha da igreja e admirar o Padre e as beatas desfilando ??? Nem morto !!

    Quanto a minha propaganda, éla tem o endereço cérto, é para os HOMENS que apreciam gatas e gatinhas bem a vontade.

    Abraço meu bom amigo, e tenha um ótimo ano novo junto a seus familiares.

    Admir Morgado
    Praia Grande SP

    ResponderExcluir
  21. É realmente tempo de reflexão!
    Fechamos a casa 2009 mas abrimos portas e janelas para o novo ano!
    Visitados pelo sol e pelo vento, manteremos algum tempo a unidade...do começo!
    Depois, inventamos portas para fechar portas e janelas para fechar janelas!! Hoje, chamamos portas e janelas não àquilo que nos une mas ao que nos separa.
    Hoje, o primeiro dia do ano com a promessa de tantos outros, peçamos a frescura da manhã e a presença das palavras amigas. Que elas sejam janelas a criar laços, a despertar amizade para que, juntos, aprendamos a celebrar a vida!
    Feliz Ano de 2010 para todos.
    Um beijo grande Graça-Portugal

    ResponderExcluir
  22. Eu penso que erraram o blog, Nivia!
    Daqui a pouco vão tirar até as nossas roupas. É preciso mais reflexão, pessoal, trata-se de um blog até então de alto nível. Desculpe-me por ter entrado em conversa que não é minha, Nivia, mas, depois de ler esse seu brilhante texto, pensei em comentar alguma coisa mas vou deixar para uma outra oportunidade. Quero apenas cumprimentá-la pela sensibilidade que sempre tem ao lidar com as letras.

    Feliz Ano Novo, Nivia!

    Fabiana ( Metodista) - SBC

    ResponderExcluir
  23. Olá Nivia, lindo texto...
    Estou com você, o final de ano é tempo de reflexão. Isso nos ajuda a superar as dificuldades e projetar nossos mais belos sonhos para o ano que desponta. Não por acaso esta é minha época favorita do ano, momento em que todos estamos especialmente sensíveis, dispostos a perdoar e ansiando pelo perdão de qualquer desavença passada.

    É tempo de estar com a família e compreender o quão somos frágeis sem o amparo de pessoas que nos amam. Enfim, é tempo de estar em paz. Sou religiosa, acredito que Deus olha por nós e torço para que este ano de 2010 seja maravilhoso para cada um dos amigos deste blog.

    Abraços, bom Ano Novo, Nivia.

    Margareth N. Rangel - Florianópolis

    ResponderExcluir
  24. Belo texto Nivia Andres!
    Felicidades neste ano que está chegando… Que sonhos possam virar realidade e que objetivos possam ser conquistados para que possamos acabar 2010 com o dever cumprido…

    Abraços,

    Laércio H. Pinto - São Paulo - SP.

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Olá gente... gratificante a participação dos amigos que prestigiam este blog do nosso irmão Edward de Souza elogiando o brihante artigo da não menos brilhante gaúcha Nivea Andres. Certamente, as mensagens natalinas e os contos aqui publicados serviram para muitas reflexões e de bálsamo aos corações e mentes já um tanto sizudas e amarguradas dos que, como nós, transpusemos várias enxurradas nesta imensa arca contemporânea que abriga seres humanos inconsequentes e animais equilibrados.
    Como os bloguistas deste cantinho saboroso se dividem pelo tempo de existência, o equilíbrio prevalece
    em convivência pacífica e abrangente.
    Os contos deste mês, todos, emocionaram até o velho rabujento que muitas vezes procura não encarar as pessoas temendo ser traído pelas lágrimas que possam denunciar a emoção sentida. Esse é o efeito das mensagens puras, límpidas, emocionantes e que enfeitam a vida com colorido especial.
    Parabéns brilhante Nivea e que Deus reserve a você e aos amigos deste blog um 2010 repleto de Paz, Amor, Saúde e Felicidades.
    Como lembrado ao final do artigo "O Menino de Biriguí", agui postado, gente como o imberbe Vágner, personagem verídico da história, e a sensibilidade de uma Nivea fortalecem a esperança de que "este mundo ainda tem conserto".
    E, pra finalizar esta terça-feira de emoções, acredito que pra vocês também, o excelente, maravilhoso, extraordinário (faltam mais adjetivos) Chico Anysio, com "Os amigos de Chico Anysio" exibido agora a pouco na competente Rede Globo. Quem assistiu, certamente se emocionou com tanto talento.

    abraços
    Oswaldo Lavrado - SBCampo

    ResponderExcluir
  27. Olá Nivia


    Dia 30 de dezembro de 2009. Penúltimo dia deste ano. Depois de amanhã um novo ano, novas esperanças, novos projetos, novas promessas...
    Como você diz em seu artigo temos que nos descobrir. O começo de uma reforma íntima seria o ideal. Tentar expulsar de nosso interior as mazelas morais e nos despojarmos do excesso de materialismo.
    Tenho certeza querida amiga que é esse o caminho. Seguir os mesmos caminhos trilhados nos levarão a encontrar os mesmo obstáculos do passado. Em conseqüência, os mesmos sofrimentos e as mesmas decepções.
    Recomecemos ou vamos dar continuidade às boas coisas que descobrimos e assim, teremos um 2.010 maravilhoso.
    Um fraterno abraço a você e a todos que aqui comparecem.

    Paz. Muita Paz.

    J. Morgado

    ResponderExcluir
  28. Bom dia, amigos e amigas!

    Gostaria de agradecer as gentis manifestações de todos e repisar que as minhas palavras não se juntaram para formar um texto de autoajuda. Muito pelo contrário, creio ter construído uma alegoria, ao propor um simples exercício de reflexão, saudável e necessário, ao final de uma jornada e no início de outra.

    Adorei o achado da Ana Célia, ao mencionar o nosso inigualável Carlos Drummond de Andrade dizendo que: "Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,o que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.
    Industrializou a esperança,fazendo-a funcionar no limite da exaustão.Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para diante vai ser diferente."

    É isso aí! Como bem disse o mestre Edward, citando Chico Xavier, tudo pode ser mais ou menos, mas não podemos viver com menos amor, menos ética, menos fé e menos esperança!

    Então, vamos em frente!

    Beijos a todos!

    ResponderExcluir
  29. Ôi Nivia, simplesmente divino seu texto, só ao ler já fiz minha reflexão. Outras virão, certamente;
    Adoro tudo que você e os demais escrevem. É o melhor blog da Net.

    Beijos e um Lindo Ano Novo pra vocês todos, com a graça de Deus!

    Talita - Santos - SP.

    ResponderExcluir
  30. Nivia, que em 2010 você continue nos brindando com textos sensíveis como esse. Peço a Deus que continue lhe dando sabedoria para continuar escrevendo essas pérolas que nos enternecem e nos enchem de energia interior. Um belíssimo ano pra você, Edward de Souza, J. Morgado, Milton Saldanha, Oswaldo Lavrado, Guido Fidelis, Virgínia Pezzolo, Ademir Medici, Édison Motta, Garcia Netto, Cristina Fonseca, Professor João Paulo que descansa em Minas e outros que porventura, mesmo depois de folhear todas as postagens anteriores, eu tenha me esquecido.

    Saúde, Paz, Felicidade, Solidariedade e muito Amor no coração de todos nós!

    Karina - Campinas - SP.

    ResponderExcluir