domingo, 23 de maio de 2010

DESCUBRA O SEU GRAU DE POBREZA
.
SINTOMAS DE POBREZA
.
1- Degustação em supermercado
Sabe aqueles balcõezinhos que de vez em quando aparecem no supermercado sempre com uma mocinha simpática e sorridente oferecendo alguma tranqueira pra você experimentar? Pois é, pobre adora isso. Quem é pobre adora comer qualquer coisa de graça. Experimenta até biscoito pra cachorro. Uma tristeza...

2- Comprar iPhone no Mercado Livre
Fala sério... Isso é caso pra internar. Você acha que um iPhone de verdade custa R$ 299,00? Em qual planeta você vive? Além de pobre, é retardado.

3- Telha e tijolo
A combinação é perfeita. Pobre atrai telha e tijolo feito ímã. Todo pobre que se preza tem que ter uma pilha de tijolo e telha no quintal.

4- Inclusão digital
Inclusão digital é nada mais, nada menos, do que um bando de pessoas pobres, burras e metidas tendo acesso de alguma forma (como Lanhouses de R$ 1,00 a hora, escolas públicas e etc.) a computadores com internet. Isso pode parecer bom, mas... Veja o que os pobres fizeram com o Orkut. Transformaram um site legal em um verdadeiro depósito de cyberlixo.

5- Economia de araque
Grudar o sabonete velho que está acabando no novo que acabou de abrir. Nessa operação os pentelhos da sua sogra também participam, né?

6- Sandália Havaiana
Meu amigo, presta atenção: só pode passear no shopping de sandália havaiana quem é rico. É fashion! Já o pobre passeando de havaiana é molambento.

7- Usar terno no fim de semana
Ou é pobre ou é crente... Cruz credo! Rico só usa terno no escritório ou em casamento.

8- Tapete na parede
Aquele "esperto" que compra na 25 de março um legítimo tapete persa "made in Paraguai" e põe na parede, para ninguém pisar.

9- Festa no Mc Donald's
Só pobre acha que festa naquela porcaria de lanchonete é chique. O cara comemora o aniversário dos filhos no Mc Donald's, fica controlando o que a pirralhada come e depois soma os presentes recebidos para ver se a festa não deu prejuízo..

10- Lavar carro no fim de semana
Santa pobreza! Você já viu alguém da Barra da Tijuca ou Leblon lavando o carro? Em qualquer dia da semana que seja? Quem tem grana, manda lavar. A galera do salário mínimo acha que é programa de fim de semana lavar o chevettão 75, na calçada, com o som ligado a toda tocando funk pra todo mundo ver e ouvir em pleno sabadão... São criaturas dignas de pena!

11- Capinha de celular
Além de ser coisa de pobre é muito boiola. Só viadinho pobre não gosta do celular riscado. Quem tem grana compra outro quando o celular fica riscado.

12- Tá zerinho-zerinho
A criatura desorientada mantém por 15 anos colado no párabrisa do automóvel aqueles selos de controle de qualidade, para fingir que comprou o carro "zero quilômetro".

13- Viajando de avião
Quando viaja de avião, pela Gol, com passagem financiada em 15 vezes sem juros, põe no bolso aquelas pavorosas barrinhas de cereais pra dar pros filhos bexiguentos.

14- Strogonoff
Se você perguntar a alguém qual é o prato favorito e a criatura responder "istrogonofi" pode ter certeza, é pobre!

15- Viajar para Cabo Frio/Guarujá ou Praia Grande
Quem tem grana viaja pra Nova York, Roma, Paris e Londres. Rico no máximo passa por essa miséria, por cima... De avião!

16- Crediário na C&A
Fala sério! Só por que a Gisele Bundchen e a Daniela Sarahyba aparecem na TV, você acha que é roupa de rico? É roupa de pobre! Quase o fundo do poço, pois o fundo fica na Sulanca, lá em Pernambuco.

17- Mostrar a casa pra visita! Sem comentário!

18- Usar camisa de time na segunda feira!
Putz... Que nojeira! Usar a camisa do Corinthians ou Flamengo, na segunda feira só pra zoar a galera do trabalho é típico de quem mora na Freguesia do Ó do fiofó ou em Rocha Miranda!

19- Cama beliche
Móvel típico dos pobres, que se reproduzem feito ratos e têm que dormir em algum lugar, uns em cima dos outros. Rico tem, no máximo, dois filhos. E cada um tem seu quarto.

20- Vou de Mercedes para o trabalho
Com certeza, o canastrão que solta essa pérola está se referindo ao ônibus... Quem tem Mercedes, não fala que tem. Tem Classe A, tem A 160, CLK, e por aí vai... Quem tem Mercedes, fica até com medo de falar que tem...

21- Laje
Tem palavra que mais denota a pobreza do que... Laje? Por favor, se sua casa ainda não está pronta, seja mais refinado e diga: "Meu imóvel está na estrutura básica..." ou, simplesmente: "Ainda não está pronta"... Jamais diga: "Só tem a laje!" Além do que, Laje (argh!) lembra palavras como garage(!), mirage (!) ou viage(!), que, quando ditas desta forma, meu amigo, é porque a coisa está muito feia para o seu lado...

22- Essas machucam...
Correr a casa inteira com o chinelo na mão atrás da barata.

23- Ir ao restaurante e antes de pedir a comida perguntar se aceita ticket.

24- Tomar cerveja no copo de requeijão.

25- Comer churrasquinho com farinha na rodoviária.
.
26- Fazer carne moída, no outro dia aproveita o que sobrou e fazer macarrão, e com a sobra do macarrão fazer uma sopa.

27- Colocar o maiô e biquíni e tomar sol na represa, na laje ou atrás de casa.

28- Convidar os amigos para o churrasco de seu aniversário e mandar cada um trazer uma coisa (carvão, espeto, etc.)
.
29- Samantha, Melanie, Stephanie, Jenniffer, Camille, Suellen!
Sacanagem com a criança! Botar esses nomes é muito pobre e brega! Coloque um nome simples para que todos possam pronunciar com clareza! O que há de errado com os nomes mais simples como: Maria, Ana, etc? Se você está pensado em colocar um desses nomes na bixiguenta que ainda está na sua barriga, pelo menos não será preciso trocar de nome se ela virar prostituta.

30- Camões se revira no túmulo sempre que ouve...
Pobrema ou poblema, iorgute, táuba, resistro, impim, mortandela, mendingo, tóchico, chalchicha, berruga, imbigo, dois mêis, framengo, curíntcha, fruzão, menas (esse é o pior), largatixa... Essas algumas das palavras mais utilizadas, daí, sabemos...É pobre! Pobre e ignorante, porque todo mundo pode aprender que não é menas, é menos; que não é resistro, é registro; que não é impim, é aipim; que você vai saltar no próximo ponto, não "soltar"! Pedir para essas pessoas falarem palavras simples como paralelepípedo, helicóptero é uma afronta. Até porque não repetem a última sílaba mesmo. Fica qualquer coisa como helicópi, paralelepípo e por aí vai.... Sem contar que nomes como Wellington, Washington, Wilson e Milton se tranformam em Uélitu, Uóchintu, Uílso, e Miltu...
-------------------------------------------------------------
NR: Não há limite para a força da imaginação. Por ela podemos atravessar paredes, voltar no tempo, viajar pelo espaço sideral, conhecer galáxias distantes. Também para a inventividade e o trabalho. Eles nos levam a descobertas, à criação de novas tecnologias, permitem estabelecer metas e ampliar as fronteiras do progresso, ensejam as bases de um mundo novo e permitem a realização de nossos desejos. Imaginação, inventividade e trabalho são aliados para que possamos sobreviver e aproveitar nossa existência da melhor forma possível. Vamos aproveitar esse domingo para rir, brincar, ler, descansar e descontrair... Um forte abraço a todos!
.
Edward de Souza
------------------------------------------------------------

35 comentários:

  1. Bom dia amigos (as) deste blog...
    Eu gostaria de saber o autor desta brincadeira que circula pela Internet para, com prazer, dar os devidos créditos. Infelizmente recebi faz algum tempo, sem assinatura, achei muito engraçado e guardei. Como hoje é um domingo, dia para descontrairmos um pouco, achei por bem postar o texto, apenas como passatempo... Diversão, nada que possa ter conotação ofensiva, que isso fique bem entendido.

    Um bom domingo a todos!

    Edward de Souza

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. João! Usarei esse espaço para responder a pergunta que você me fez nos comentários da matéria do J. Morgado.
    Eu sou assim mesmo aos extremos.
    A minha busca constante é achar o meu centro de equilíbrio, está difícil viu João, o arrependimento sempre vem tarde.
    Por falar em arrependimento eu fiquei arrependido a hora que eu li os nomes dos filhos dos pobres aqui hoje!
    A minha mãe chama Samantha.
    A minha avó Melanie.
    AS minhas três irmãs chamam Stephanie, Jenniffer e Camille.
    Suellen deve ser o nome da mãe desse “marvado” que criou essa comparação, tentando humilhar nóis pobre.
    Isso é um pobrema!!!

    Padre Euvideo.

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...ri muitooo!!! xD..muito massa

    ResponderExcluir
  5. Obrigada Edward... adorei. Tenha certeza que meu domingo ficou mais alegre. Valeu!!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá Edward

    Boa tarde

    Vou contribuir para aumentar a lista.

    GENTE BONITA

    Ir a uma festa e lá encontrar o Juiz Lalau, o Maluf, o Delúbio, Georgina e centenas de outros corruptos e corruptores todos vestidos a rigor, tomando champanhe e uisque, caviar entre outras iguarias, e chamá-los de GENTE BONITA!

    Um abraço

    Paz. Muita Paz.

    J. Morgado

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Oi gente!
    Hoje aconteceu uma coisa muito engraçada comigo.
    Fui de manhã ao super mercado, e tinha uma bela moça de minissaia oferecendo uns produtos alimentícios de graça para provar através de uma deglutição.
    Comi tudo o que ela oferecia, e nem sei o que era só sei que era bom.

    Antes disso eu tinha comprado um IPhone de 199,00 reais pela internet.

    A unha do meu dedão do pé esquerdo doía muito por que eu tinha dado uma unhada num monte de telhas que eu tinha armazenado no fundo do meu quintal.

    Fiquei oito horas na lanhouse mexendo no meu Orkut, e sai tontinho de lá.

    Tomei um belo de um banho, e para economizar grudei o sabonete velho no novo para render mais.
    Troquei de roupas, coloquei as minhas sandálias havaianas, e fui pro Shopping.

    O meu terno passadim, e a minha bibria debaixo do suvaco, estavam impecáveis.

    Dei uma olhada no tapete que eu tinha acabado de comprar na 25 de março e que logo preguei eu preguei na parede pros outros não pizar, e fui para a igreja, mas antes resolvi fazer umas comprinhas.

    Dei uma passadinha no Mac Donald’s, só pra cumprimentar o meu sobrinho que fazia aniversário e comi três sanduíches, afinal era de graça memu!

    O meu chevetão 75,tava limpim, eu tinha acabado de dar um banho no bixim lá na porta de casa, só pra desfilar com ele no fim de semana.
    Ah eu ia me esquecendo, passei groselha nos pneus, só pra fica pretim.

    Eu tava muito bunitu, tinha colocado uma capinha novinha no meu celular PT da Motorola.
    Vocês acreditam que o meu chevetão ainda tinha os prástico do banco e os selos no parabrisa!
    Pois é igual aos zerin.

    Eu tava legalzão, por que não fazia muito tempo eu tinha ido pro nordeste de avião, paguei a viagem em 15 veis sem juro.

    Lá no shopping, eu comprei tudo pra muierada lá em casa, e óia que foi no crediário da C&A.

    Na saída da minha casa dei de cara com um primo que foi me visitar, fiz questão de mostrar a minha casa tudinha pra ele, mostrei até a laje.

    Na ocasião eu usava uma camisa do meu Corinthians.

    Passando pelo quarto dos meninos eu arrumei as oito beliches dos meninos só pra causar uma boa impressão para o primo não falar mal da gente pros outros.

    Meu chevetão ferveu ai eu peguei o Mercedes da aviação são José e fui pro shopping.

    Lá da avenida, eu podia contemplar a laje do meu barraco, e a minha garage.
    Samantha, Melanie, Stephanie, Jenniffer e Camille,
    Ficavam me acenando, enquanto eu ia pro shopping torrar o meu parco salário.
    Chegando lá encontrei com os meus primos Uélitu, Uóchintu, Uílso, e Miltu.

    Foi muito legal bebemo pra caramba, e depois fomo assistir um firme de caubói.

    Padre Euvideo.

    ResponderExcluir
  9. Edward, achei engraçadíssima essa postagem de domingo. Sei que o blog preza muito pelas boas matérias jornalísticas, mas uma brincadeira como essa é muito legal para descontrair. Só não entendi uma coisa. O Professor João Paulo e a Cris estão fazendo alguma relação com esse texto, sobre os "Sintomas de pobreza", com a Dilma. Não li nada sobre ela. Será que estou "boiando"?

    Bjs, adorei!

    Giovanna - Unifran - Franca - SP.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Miguel Falamansadomingo, 23 maio, 2010

    Eu terminei na última semana de construir uma edícula aqui em casa e sobraram telhas e tijolos. Estão todos armazenados no fundo do quintal, Edward. Mas, depois do que li, amanhã mesmo vou dar de graça para quem se atrever a buscar. Pior é que muitos destes ítens, ou quase a maioria, é mesmo verdade. No entanto, tem também alguns praticados por ricos. Se fossem pobres, seriam ridicularizados. Perto da minha casa tem um supermercado e todos os dias um italiano milionário, proprietário de comércio e muitas casas e apartamentos de aluguéis, vai até lá pra tomar café de graça. E costuma convidar amigos para acompanhá-lo e ainda ri, dizendo que paga a conta. Na esquina tem uma lanchonete que vende café, Se depender desse italiano, fecha as portas. Imagina se ele fosse pobre, caiam de pau no coitado!

    Abraços, Edward, valeu para desopilar o fígado.

    Miguel Falamansa - Botucatu - SP.

    ResponderExcluir
  13. Entendi agora, Cris e professor João Paulo. Demorou um pouco mas caiu minha ficha! E concordo com os dois.

    Bjos,

    Giovanna - Franca - SP.

    ResponderExcluir
  14. Oi Edward, a Cris está certinha, tem muitos outros que, se vc acrescentar nesta lista, atinge, no mínimo e, selecionando bem, uns 50 ítens. Veja alguns que não estão em sua lista de hoje: 1º)- Esquentar a ponta da caneta BIC para ver se ela volta a funcionar. 2º) - Colocar bombril na antena da televisão. 3º) - Ficar balançando lâmpada queimada para ver se ela volta a funcionar. 4º) - Ir para o trabalho de bicicleta e dizer que é só para manter a forma. 5º) - Aproveitar garrafa plástica de refrigerante para guardar água na geladeira. 6º) - Decorar vaso com flor desidratada. E por aí vai (rsrsrsrsrsrsrsrs). Não tem como não morrer de rir, porque, por mais que a gente tente sair fora, sempre um desses ítens nos atinge em cheio, não é mesmo?

    A D O R E I ....

    Carol - Metodista - SBC

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. E fazer churrasquin, com asinha, linguiçinha, fraldinha, coraçaozinho,vinagretezinho e bavária. Encostar a churrasqueira no muro de placas, conservar as cervejinhas no gelo, dentro do tanquinho colormac e ligar a borracha na torneira para refrescar todo mundo.
    Nossa! Acho que é pecado o que estamos escrevendo!!!
    Abraços
    João

    ResponderExcluir
  17. Olá pessoal, como percebi que gostaram da brincadeira e diante dos comentários da Cris Fonseca e da Carol, de que existem tantos outros ítens que, com tranquilidade eu chegaria a 50, resolvi acrescentar mais alguns. Agora temos 30, mas faltam muitos, realmente. O João Gregório (Barrios) já apareceu com outros. Desses que acrescentei, nenhum foi citado pela Carol, O.K.?

    Tem ainda outros bem engraçados, como por exemplo, tirar cera do ouvido com a chave do carro ou com a tampa da caneta; também guardar cueca furada para passar cera no carro. Ou então, entrar na loja de R$ 1,99 e querer achar um presente legal. Para matar a brincadeira, que tal ir ao restaurante e, antes de pedir a comida, perguntar se aceita ticket? Se estiver acompanhado de uma nova namorada, já era, certamente não a verá mais.

    Professor, obrigado por ter elogiado a ilustração do blog, tudo muito corrido e improvisado. Mexi e tentei deixar igual, o que achou, professor? Estragou ou ficou no mesmo nível? Sai cedo e quando voltei vi que estavam todos se divertindo com a postagem. Essa foi a minha intenção. Aproveito para perguntar ao padre: não seria sinônimo de pobreza os motoqueiros que procuram uma oficina aos sábados para arrumar probleminhas na moto e não pagar nada?

    Abraços e vamos em frente...

    Edward de Souza

    ResponderExcluir
  18. Edward, levei um susto quando abri o blog e vi essa postagem, com a imagem daquela mulher gritando socorro (rsssssssss). Quando comecei a ler não parava de rir, é muito engraçada essa postagem. Tem algumas, que até perdi o fôlego de tanto rir, só de imaginar a cena de uma pobre coitada correndo atrás de uma barata pela casa inteira com um chinelo na mão. Tenho pavor de ratos, baratas e lagartixas, por isso, não cometeria gafes assim. A barata sairia correndo para um lado e eu pelo outro. Isso se não tiver uma mesa para eu pular em cima e ficar lá, me esgoelando como a mulher dessa ilustração e pedindo socorro. Valeu essa brincadeira.

    Bjos,

    Gabriela - Cásper Líbero - SP.

    ResponderExcluir
  19. Ahhhhhh... Me esqueci! Professor João Paulo, hoje em dia, pelas novas regras de etiqueta, o pinguim em geladeira é "chique", sabia? Já não é mais coisa de pobre (rsssssssss). Trate de comprar um no camelô e se adpatar às novas regras ditadas pelos mestres da etiqueta, viu?

    Bjos,

    Gabriela

    ResponderExcluir
  20. Boa noite, professor!
    Duvido muito que alguém peça uma nota fiscal em motel, a não ser que esteja acompanhado da esposa, ou então seja solteiro e esteja com a namorada oficial. Mas, cansei de ver "neguinho" mandar embrulhar pedaço de pizza que sobra em restaurantes e dizer que vai levar para o cachorro. Outro dia eu estava numa pizzaria com amigos e aconteceu isso. Acredite, professor, me deu uma vontade danada de dar uma latidas.

    Essa lista cômica do Edward de Souza vai mesmo longe. Abrir tubo de pasta de dente com tesoura para aproveitar o restinho que sobrou é uma delas. A outra é acender latinha com álcool dentro do box do banheiro em dia de frio, ou ainda acordar cedo no domingo prá lavar o carro antes que a água acabe. Boas também são essas: amarrar o cachorro com fio de luz, tadinho; amarrar perna de óculos com arame; andar com aquela carteira profissional ensebada no bolso de trás; andar de carro com vidro fechado no maior calor só para pensarem que você tem ar condicionado; andar pendurado na porta do ônibus e anotar recado de telefone em papel de pão. Sintomas de pobreza vai longe!!!

    Edward, estou seguindo o blog ao lado de lindas donzelas que chegam todos os dias no pedaço.

    Abraços

    Paulo Birola - Votuporanga - SP.

    ResponderExcluir
  21. Edward, muito engraçado! Li duas vezes e copiei. Até minha mãe correu para ver o que estava acontecendo uma vez que eu não parava de rir. E acabou lendo e está também dando gargalhadas até agora. Ainda por cima mamãe contou outra mania de pobre que muitas amigas tem, mas disfarçam. Quando o shampoo está acabando, antes de jogar fora a embalagem, colocam água e balançam (mais balançam com vontade), o liquido "fabricado" é utilizado mais umas duas vezes para lavar o cabelo. (rsrsrsrsrsrsrs).

    Beijinhos e uma boa semana!

    Tânia Regina - Ribeirão Preto - SP.

    ResponderExcluir
  22. Obrigada pela sua visita em meu blog. Te sigo também. Ótima semana.

    ResponderExcluir
  23. Agora fiquei furiosa com o Edward. Todos os dias ele manda as chamadas sobre as postagens deste blog e hoje, nada! Como não deixo de vir ao blog, por um acaso vi essa postagem e todos vcs aqui, se divertindo. Fiquei a ver navios o dia todo. Já passou a bronca, Edward, depois de ler o texto e os comentários. Acabei morrendo de rir também. Muito engraçado.

    Uma boa semana a todos!

    Andressa - Cásper Líbero - SP.

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  25. Cada dia entra mais mulher no pedaço e homem nada!!
    Sr blogueiro tem que chamar mais homem pra cá, senão a balsa vai afundar. E por falar em mania de pobre, já viram como pobre gosta de falar alto em celular, dentro do ônibus pra todo mundo ouvir?

    ResponderExcluir
  26. Vivi, tem muitos blog cheios de homens e só falam asneiras. Veja o nível deste blog. Mas, se precisar de homem, estou às suas ordens. Onde está sua foto? Peça para o JB resolver o impasse.............

    Birola - Votuporanga - SP.

    ResponderExcluir
  27. Olá Criançasssssssssssss.
    Edward ficou muito engraçado essas "manias de pobre".
    O pior é se analisarmos,já tivemos algumas manias,e aos poucos nos corrigimos.Boa idéia colocar coisas engraçadas no blog aos domingos,bom para descontrair,ontem ao ler o texto achei muita graça,mas stava recebendo umas visitas e não houve tempo de comentar.Amei a ilustração ficou o máximo.
    Parabéns meu amigo.
    Beijossssssss.

    ResponderExcluir