domingo, 22 de fevereiro de 2009

É O CARNAVAL AÍ, MINHA GENTE!

José Luiz Batista da Fonseca

Pois é... Pois é. É o carnaval aí, minha gente. O Carnaval chegou e eu aqui pensando. Como éramos inocentes! Vejo uma foto no jornal do desfile de uma escola de samba no Rio. É, porque não é o Rio a tal capital do carnaval? Na foto, um monte de mulher peladinha, em pelo, em cima de carros alegóricos. Quanta diferença dos carnavais de outrora. Daí, entro na internet e leio os sites de fofocas. Não que eu goste de sites de fofocas. Mas acontece que quando abro a pagina do meu provedor, de pronto dou de cara com essas notícias. É fulana que foi convidada prá madrinha da bateria da Escola Unidos dos Acadêmicos de Padre da União da Ilha. É a beltrana, ex-namorada do Junior Alemão Bambã, ex- BBB-19, atual figurante da novela Duas Caras e Três Corações, que está pegando a Luana Piovani (quem não pegou?), que acabou o relacionamento com o Ricardo Mansur (aquele filho do leiteiro e golpista do Mappin), que por acaso pegou também a Daniela Cicarelli (mas quem não pegou?). Mas, dizem que esse tal BBB-19 saia com a Graziela Mazzaferro, que saiu também com o Roger Chinelinho, que fora namorado da Galisteu, da qual herdou o sobrenome. E a Galisteu em que escola vai sair? Será que a Luma vai colocar a gargantilha com o nome do seu décimo sexto companheiro, o “Bombeiro da Mangueira”? E a Suzana Vieira, vai sair em alguma escola? Olha a Portela aí minha gente! Tá vendo só, depois dizem que homem não gosta de novela. Mas quem falou que eu gosto? Menos ainda de fofocas. Imagina só se gostasse!
Se o carnaval de hoje é isso aí, minha gente, o que dizer então das transmissões. Coisa mais engraçada, ou sei lá o que dizer. É a transmissão na tela da tevê no meio desse povo. E a gente se vendo na Globo! Com os embasados comentários dos tais doutores do samba: Dona Leci Brandão, o tal do Ivo Meirelles, Dudu Nobre e sei lá quem mais.
E os destaques nos carros alegóricos? É um tal de gente famosa subindo em carro alegórico que até assusta. Geralmente, como o carro alegórico é muito alto, eles, os destaques, para ocuparem esse posto, são içados que nem bloco de tijolo em obra grande. De vez em quando, um ou outro despenca lá de cima. Pensa que é só peão em obra que cai de andaime?
Madame, destaque de escola de samba, às vezes, também samba! E é mesmo engraçado ver aquele montaréu de destaque, aqueles famosos que ninguém conhece - e que os locutores da Globo insistem em apresentar - tentando rebolar com aquelas fantasias de pavão misterioso, pesando 180 kg, com tanto paetê. Aqueles coitados parecem estar pagando penitencia. Só se achando, em cima do carro alegórico! Também, quem mandou! E a coisa é aquela mesmice de todo santo carnaval.
Garanto que se você colocar o DVD do desfile de três anos atrás - sim, porque todo carnaval, logo na quarta-feira de cinzas, a popular quarta gorda, em toda banca de jornal se vende o tal do DVD do melhor carnaval do mundo – vai mesmo achar que é transmissão direta da Sapucaí, ou do Sambódromo do Anhembi. Tudo a mesma coisa.
Bem, mas o assunto é mesmo Carnaval. Quase ia me esquecendo. E os carnavais de outrora? Aqueles sim é que eram carnavais. “Quanto riso, oh... quanta alegria! Mais de mil palhaços no salão”... E a gente brincava nos bailes de salão com a namorada, sempre naquele ritmo gostoso: “vou beijar-te agora, não me leve a mal”... E as marchinhas consagradas pelo Joel de Almeida, o magrinho elétrico, que a gente se divertia cantando? Minto, quem se divertia com elas era o meu pai. Eu me divertia mesmo era com o Silvio Santos. Com o coração da sogra dele, que foi trocado pelo coração de um jacaré. Ou mesmo com o coração corintiano, que já naqueles tempos era cansado de sofrer. Graças a Deus, o meu coração tricolor continua batendo no ritmo, sem aterosclerose e sem risco de infarto.
Só que os carnavais de outrora, ficaram no outrora. E eu que não vou me ver na Globo, vou é tomar uma Antártica e esquecer que é Carnaval, ou então, vou prá Antártica, ver a Aurora Boreal.
***
José Luiz B. Fonseca é natural de São Paulo, formado em direito e farmácia, empresário, escritor e colaborador do site
www.vivasp.com. Escreve aos domingos neste espaço.

20 comentários:

  1. Bom dia, meus amigos (as) que todos os dias nos dão a honra de sua presença nesse blog. Na estréia do meu amigo José Luiz Batista da Fonseca, reenvindico o privilégio de ser o primeiro a saudá-lo nesse espaço. José Luiz escreve há um bom tempo, postando sempre seus artigos satíricos e irônicos, que correspondem ao gosto do leitor, no site www.vivasp.com
    A crônica de hoje não foge ao seu estilo, conforme poderão observar ao ler "É o carnaval aí, minha gente!". Tenho certeza que José Luiz, ocupando esse espaço, irá agradar e alegrar nossos domingos com seu texto inteligente e irreverente.
    Agora, leiam esse artigo primeiro de José Luiz nesse blog e deixem seus comentários. Certamente serão muitos.

    Ao José Luiz Batista da Fonseca, nosso abraço. Seja vem vindo, amigo!

    Edward de Souza
    Editor do blog

    ResponderExcluir
  2. Desliguei a tv agora, cansada de ver cenas de nudez e antes de dormir passei para ver o blog. Adorei o artigo do José Luiz, que tira o sarro do nosso carnaval de hoje. É verdade, José Luiz. O carnaval atualmente não é nem sombra daqueles bons carnavais de antigamente, dos confetes, serpentinas e lança-perfumes. Só famosas peladas lá em cima, conforme você cita no texto. E mostrando tudo, na maior cara de pau. Parabéns pelo que escreveu, viu? Formará uma bela dupla com o Mestre Edward, certamente.

    Sônia Nogueira - Santo André -SP.

    ResponderExcluir
  3. Bela estréia do José Luiz..Uma critica bem humorada do Carnaval sem censura , mostrado sem pudores pelos canais de tv.
    A simplicidade e ingenuidade do carnaval ficou na memória das crianças que estão hoje na marca dos 50. Só quem teve essa experiência, pode fazer essa referência.
    Parabéns ao jornalista Edward, pela escolha do José Luiz, que com humor afiado, consegue nos prender à narrativa....
    Sucesso garantido e mais um motivo para continuar acompanhando este blog..
    bjos
    Cristina- SP

    ResponderExcluir
  4. Assino embaixo o que disse a Cristina. Adorei e dei boas risadas, principalmente quando o José Luiz citou a Luana Piovani, Cicarelli e outras, que namoram e transam com esse ou aquele, que fulano pegou essa ou aquela, escrevendo: e quem não pegou? De fato. Bagunça generalizada no mundo artístico e péssimo exemplo para as crianças.
    Legal mesmo, gostei!!! E o carnaval? Já morreu e esqueceram de sepultá-lo. E sou carioca da gema, nascida e criada aqui, na terra do samba.

    Talita - Rio

    ResponderExcluir
  5. Quer saber o que fazer no Carnaval ?
    Não gosta muito dessa festa ?

    ==================================
    Acesse:
    http://idjay-c.blogspot.com

    E Descubra!

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro carnaval! Sofro de insônia mas é só ligar a tv nos desfiles das escolas, que logo vem o sono.Nempreciso tomar remédio pra dormir.. É a única época época que consigo colocar meu sono em dia!!..
    Viva o Carnaval!!
    Isildinha- Osasco

    ResponderExcluir
  7. Adorei esse artigo e ao mesmo tempo fico triste. Tenho só 20 anos, estudo jornalismo e leio sempre que os carnavais antigos eram alegres, descontraídos, com confetes e serpentinas e essa tal de lança-perfumes que nunca vi. Aqui em Salvador ainda tem alguns clubes que mantém a tradição, entre eles o Clube Português. fui lá essa noite e saí bem mais cedo. Quase me estupraram no meio do salão. Baixaram meu short, enfiaram as mãos em meus seios, me agarraram, um horror! Todo mundo vê e acha graça. Cruzessssss.... Não volto mais. Será que antes também era assim?
    Primeira vez que venho a esse blog. Gostei muito, parabéns aos autores. Foi bom ler o José Luiz.

    Gabi - Salvador - BA

    ResponderExcluir
  8. A-MEI! Não tenho nada a acrescentar; com humor inteligente ele disse tudo!
    Ahh, tenho a acrescentar, sim: Ontem fez 32 anos que conheci o meu marido, num clube família e com fantasias - é, usávamos fantasias, roupas - bem-comportadas!
    Espero ler o mais textos do José Luiz B. Fonseca .

    ResponderExcluir
  9. Olá amigo Edward,
    Recebi seu comunicado sobre a estréia de José Luiz em seu blog e vim fazer uma visita e ler o artigo. Muito bom. Dê meus parabéns à ele. Outra coisa me chamou a atenção ao ler os comentários postados aqui, em seu blog. Esse dessa garota de Salvador, na Bahia, lugar que conheço muito, pois minha fábrica vende calçados para diversas lojas dalí.
    Tadinha da Gabi (deve ser Gabriela, não?). Nunca viu um frasco de lança-perfumes, vai a um baile e precisa correr para não ser estuprada,tudo coisas dos dias de hoje. Estou saindo agora para um rancho de amigos, aqui perto de Franca e só volto na quarta-feira gorda por causa dessa bagunça toda que se transformou os festejos de Momo. Não se respeita mais ninguém e só se pensa em sexo, incentivado pelo Governo com suas campanhas que, de educativas, não tem nada.
    Meu abraço, bom amigo e fica o convite. Se quiser se juntar a nós no rancho, será bem vindo.

    Luiz Gustavo - Franca - SP.

    ResponderExcluir
  10. Vim ver e gostei muuuuuuuuuuuito.

    Bjos...

    Liliana - Santo André

    ResponderExcluir
  11. Olha só, José Luiz. Lendo sua crônica (é assim que chama?) achei quase legal. Não muito, pq, encontrei alh[guns defeitos graves. Pelo menos dois deles. E vou enumerá-los, pra vc não ficar bravinho. Primeiro deles é ser fofoqueiro, como td homem e não assumir. Até aí vai. Desceu aa lenha na Luna Piovanni, no ex-BBB, na Cicarelli e no Rober do Corinthians e outros +. Td legal, até perdoável, pq nós, mulheres, sabemos que os homens são os reis da fofoca. Mas, você ser sãopaulino foi a gota d´água. Mt pra minha cabecinha...........
    Com tantos times bons pra torcer, assumir o S~ao Paulo, ufaaaaaaaaa. A fama que cerca o time condena seus toprcedores. E não espume contra mim, vc sabe que estou certinha. Olha, gostei do que escreveu, tirando essas duas situações , mas prá melhorar, vou lhe dar uama sugestão. Torça pro Flamengo. Serás aternamente feliz, combinado?

    Bjos,

    Daniela - Rio

    ResponderExcluir
  12. Boa Zé. Ser sãopulino é usar a cuca, véio. Essa carioquinha não tá com nada. Quem é tri da Libertadores e do Mundial no Brasil? São Paulo, claro. O Flamenfo tá quebrado e é time de plebe. Sai fora, urubú.

    Li o que escreveu. Nota 1o, sáopaulino!!!!

    José Ferreira - Assis-SP.

    ResponderExcluir
  13. Prezado Edward e José Luiz

    Só tive tempo de vir visitar o blog agora, começo da noite de domingo. Uma chuva violenta em Franca, com granizo, destelhou casas e deixou sem energia elétrica boa parte da cidade.Onde moro, perto do centro da cidade ficou também sem energia. E olhem que a meteorologia registrava que não choveria no carnaval. Não acertam uma. Vamos ao que interessa. Li o artigo seu, José Luiz e aprovei. Bem humorado, e muito gostoso de se ler. Pelo visto, vendo os comentários acima, você agradou em cheio, José Luiz.
    Parabéns a você e ao Edward pelo blog.

    Roberto Cardoso - Jornalista e radialista - Franca

    ResponderExcluir
  14. Como adorei esse texto. Mesmo sendo bem jovem, e assistir a anos todas essas coisas citadas no texto, também preferia ir para Antártica numa época como essa.
    Até!

    ResponderExcluir
  15. Estou rindo até agora da frase do seu texto, José Luiz: "Pensa que é só peão em obra que cai de andaime?"

    Hilário demásssssssss....

    Bom....Muito bom....

    Vanessa - Sampa

    ResponderExcluir
  16. Legal!!!!

    Bjos...

    Débora - Joinville -SC

    ResponderExcluir
  17. Ôieeee.... José Luiz!!!

    Adorei sua escrita. Estou a dar boas gargalhadas até agora.

    Valeuuuuuuu!

    Thalita - Lisboa - Portugal

    ResponderExcluir
  18. Olá José Luiz!

    E haja peladinha em pelo, rapaz! Abra qualquer site e verifique. Tá todo mundo pelado, meu! Dá mesmo saudades dos bons tempos dos carnavais de salões. As meninas mais exageradas naquela época usavam shortinhos e faziam a delícia da rapaziada. Hoje, usam um fio, que chamam dental, mas deveria ser genital.

    Wanderley Calleiro - Porto Alegre

    ResponderExcluir
  19. Parabens ao Jose Luiz, que ,com sua verve especial, num artigo só,
    resumiu o Brasil, onde é sempre carnaval!
    Analuz

    ResponderExcluir
  20. Amigo Edward estou lhe visitando e fique encantado com a maravilha do trabalho apresentado, excelente. Quanto ao post mata o v... Afinal é carnaval, parabéns, gostei. Sucesso, fique com Deus.
    Valdemir Reis

    ResponderExcluir