sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

O POVO BRASILEIRO GOSTA DE PÃO E CIRCO

Edward de Souza

No Brasil vende-se de tudo, como se compra o mesmo tanto, ou até mais. Comprar é mania de brasileiro, mesmo com a crise dos americanos, que ameaça todos os continentes. O que está muito em moda e, faz um bom tempo, é a compra da honra das pessoas. A honra é a oferta do dia, e com ela, o comprador leva de brinde um pouco de dignidade, mais ou menos outro tanto de hombridade, certa quantidade de responsabilidade, uma baciada de vergonha e outros “produtos” que os atuais políticos brasileiros possuem “muito”. Em troca, o eleitor brasileiro que possui o “cartão de crédito” mais respeitado em todo mundo - o título de eleitor - fica a ver navios. Apenas com o direito de no dia da eleição votar em figuras como as que estão passeando pelos noticiários da imprensa. Já passou da hora, precisamos dar um basta! Queremos políticos honestos. Quando escrevi essa frase, não estava dormindo. Absolutamente, estava muito acordado e indignado com as coisas que rolam na política brasileira. Enquanto isso, as vendas e as compras continuam a todo vapor. Tem preço para tudo. Pagou, levou! Se pagar mais, leva mais e ainda tem direito a escolher a trampolinagem. Que coisa mais feia. Onde é que o Brasil chegou em 509 anos de existência? Nas mãos de quem ele ficou até agora? Ou melhor, nas mãos de quem nós ficamos até agora? Para responder, disque 0800…
Vender ou comprar, é como coceira, é só começar. O mercado mais promissor é o da Política. É lucro bruto e certo. Líquido, somente para beber. Faz parte da comemoração deste Carnaval, que já começou pelos quatro cantos do país. E viva o Carnaval! O povo gosta é de pão e circo desde a era romana.

12 comentários:

  1. Bom dia Edward

    Essa política de pão e circo foi adotada desde o início pelo Governo Lula. As bolsas isso e aquilo significa o pão para os acomodados e o circo, quase todos os dias, culminando com o carnaval que começa hoje. E o brasileiro sai feliz da vida, pula, trepa, bebe, se esbalda e se esquece da vida. Do alto do Planalto, os Neros, com os bolsos cheios do nosso dinheiro, assistem tudo e dão risadas com nossa cara.

    Abraços,

    Renato Fontana - São Paulo - SP.

    ResponderExcluir
  2. Eu não acuso o Governo Lula pela política do pão e circo, criada pelos romanos, segundo a história. No Brasil, essa política sempre existiu. "Povo revoltado, dê-lhe pão e circo e ele se acalma", dizia Nero. Num passado recente, até nossos presidentes militares faziam uso dessa política para acalmar a turba enfurecida. Lembram-se do Médici e a Copa do Mundo?
    O principal disso é o que quase ninguém percebeu. Se o pão e o circo acalmam o povo é porque a força desse povo é enorme e, se ele, povo, se unir, nenhum político corrupto, ditador, ou seja o lá o que for, permanece no poder. Pena! Não sabemos usar nossas forças...

    Tânia Sampaio - Jornalista e escritora - Salvador - BA

    ResponderExcluir
  3. Posso concordar com esse artigo se o nobre jornalista estiver se referindo aos políticos, de um modo geral. Com nosso atual presidente, discordo. Nunca se viu tanta aceitação num governo como agora. Lula tem 84 por cento de aprovação popular. E não me digam que todos esses 84 por cento vivem de bolsa que não aceito como desculpa. E que crise vivemos no Brasil? Só na cabeça dos pessimistas.

    Beatriz Cardoso - Chapecó -Santa catarina

    ResponderExcluir
  4. Concordo com Tânia: a política do pão e circo sempre existiu na nossa política: é uma vergonha!
    Discordo de Beatriz, 84% de aprovação popular não significa que o Brasil acertou na escolha de seu governante, visto que os escândalos deste governo já são tão rotineiros que nem mais consnos assustamos, apenas nos deprimimos mais a cada dia (isso sem falar no desprezo aos doentes dos hospitais públicos e à falta de segurança nas ruas). Estou até perdida em meio a tanta sujeira, confundindo os corruptos e os casos... tem que anotar tudo em uma folha de papel!rs
    Gostei do artigo e posso dizer que concordo com 97% do que foi dito!
    Deixo também aqui a minha indignação e o meu protesto: QUERO UM PAÍS HONESTO! QUERO POLÍTICOS HONESTOS! ABAIXO À CULTURA DA MALANDRAGEM: QUE NÃO É MALANDRAGEM É BURRICE... O PAÍS AFUNDADO NA BURRICE E NA CORRUPÇÃO!!
    Abs

    ResponderExcluir
  5. Na época de Nero, a população não tinham aceso a essa gama de informação. Era facílimo dominar o povo, pois a ignorância se satisfaz com pouca coisa.
    No momento temos que tirar o chapéu para o povo brasileiro. Embora os nossos ensino escolares estejam abaixo da média, parece me que, o cidadão brasileiro evoluiu muito em cultura, e automaticamente em gostos refinados. Não é simplesmente pão e a decadência dos circos fedorentos, que vão nos satisfazer. Alguém já dizia no passado, “não espere o que o país possa fazer por você, é o país que espera o que você possa fazer por ele’’. Se no passado tivéssemos uma mentalidade melhor, e se ensinássemos, as nossas crianças, o verdadeiro valor dos atos corretos, ex: honestidade, educação, amizade, muito obrigado, por favor, agradecido, com licença, desculpe me, perdão, tolerância, paciência, e uma infinidade de atitudes exemplar, e que pecamos até hoje. Fumamos perto delas, mas impedimos que elas venham a fumar, anátema, falta de autoridade moral,: faça o que eu mando, mas não faça o que eu faço”. Contamos piadas sujas e carregadas de palavrões escandalosos perto delas, e depois tentamos corrigilas quando repetem essas mesmas palavras. Cometemos todos os tipos de abuso perante essa personalidade infantil em formação, depois quando adultas cobramos delas a retaguarda que não demos no passado. As crianças do passado sou eu, você Edward, você que nesse momento está lendo esse comentário, o nosso presidente, os nossos ministros, enfim, se levarmos em conta a criação que o nosso presidente teve a falta de estudos, a vida sacrificada de criança e migrante nordestino, e hoje um homem influente no cenário mundial, a frente de uma grande nação, temos mais é que tirar o chapéu. Muitos acadêmicos abalizados, doutorados, que são carismáticos, não conseguiram sequer, uma vaga na sua profissão. São esses mal sucedidos, infelizes, invejosos, que tentam crucificar o líder dessa nação.
    Quero deixar claro que eu também sou um insatisfeito, porem com um senso crítico diferenciado. Obrigado pela sua atenção.
    valentimmiron@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Comentários divididos sobre o artigo, li todos, mas fico com a Mar, esse último. Esses 84 por cento, me desculpem, mas são de esquecidos que não se lembram da cambada de corruptos desse Governo atual, como o José Dirceu, Genoíno, dos dólares na cueca, Palocci e a estranha presença na casa em que nosso dinheiro era repartido, em Brasília e que acabou sendo denunciado pelo caseiro, além de muitos outros. E nosso Presidente, o que fez diante desses ladrões e de tantas denúncias? Somente que não sabia de nada, que não ouviu e nem enxergou. Negativa de autoria, orientado pelo seu Ministro da Justiça, Marcio Thomáz Bastos. Povo de memória curta, por isso esses 84 por cento de aceitação.

    Gilberto Alves - Itumbiara

    ResponderExcluir
  7. Tem uma coisa que eu gostaria de perguntar a todos os amigos que frequentam esse blog e que são muitos, eu sei. Alguém já foi ouvido sobre essa pesquisa de popularidade do Presidente da República? Eu nunca fui, talvez porque more em Sampa, terra de pessoas mais esclarecidas, tirando os cabeças chatas, claro. Para mim, essa pesquisa é feita no Norte-Nordeste, ninguém me tira isso da cuca. Por favor, quem já respondeu a essa enquete sobre a popularidade do Lula, se apresnte.

    Luiz Fernando - São Paulo

    ResponderExcluir
  8. Sobre os 84% que foi dito aqui. Veja o resultado da enquete, ainda em curso, que está no Divã.

    http://www.nossanoite.com.br/divadomasini/exibemateria.asp?codigo=1150


    Sim, alguns vão dizer que é possível manipular uma enquete online (e estão certos). E pesquisas "encomendadas", não? E por falar em pesquisa, você já participou de alguma de âmbito político/nacional?

    E sobre o artigo, o ser humano gosta de conflitos, de ser enganado.

    "Não é uma questão de enganar os outros com uma ilusão perfeita, mas o que você oferece para que o outro possa medir exatamente o quanto quer ser enganado". Vik Muniz

    ResponderExcluir
  9. Quer saber qual seu tema e muitas outras coisas mais ?

    ===================================
    Acesse: http://idjay-blogspot.com
    Acompanhe!

    ResponderExcluir
  10. O mundo adormece na cama do céu
    Enquanto permaneço acordado no teu roseiral…
    Vigilante no teu galante corpo, rosa sem véu
    Batem janelas inquietas, pétalas em temporal

    Neste momento,
    Desejo
    Um bom fim-de-semana
    Materializado em harmonia
    Com muita alegria…
    Um excelente CARNAVAL
    Com muito divertimento
    Desmascarando amor
    Com paz,
    Cheio de muita folia…

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderExcluir